A Importância da SIPAT para Prevenção ao Acidente de Trabalho

São inúmeros os tipos de riscos à saúde dos funcionários que os mais diversos tipos de trabalho podem oferecer, desde os menores aos mais graves. Apesar de o setor industrial ser o que apresenta maior risco de acidentes, devido às funções destinadas aos trabalhadores, todos os setores devem se preocupar com a segurança do trabalho.

Tendo isso em vista, em 1994 foi publicado no Diário Oficial da União uma lei que prevê a obrigatoriedade das em presas de instalar a CIPA (Comissão Interna de Prevenção ao Acidente de trabalho), que é responsável, dentre outras coisas, por promover a SIPAT (Semana Interna de Prevenção ao Acidente de Trabalho).

sipat-660x330

Além de ser obrigatória por lei, a SIPAT traz muitos benefícios aos funcionários e a empresa. Durante essa semana os organizadores podem preparar palestras instrutivas e atividades interativas que provoquem nos participantes motivação, trabalho em grupo, além, é claro, do conhecimento e da reflexão sobre a importância dos cuidados que evitam acidentes.

Quando Realizar a SIPAT?

Não existe uma regra que defina a melhor época do ano para a realização da SIPAT. Portanto, isso fica a cargo da empresa e dos funcionários da CIPA decidir. Mas é importante frisar que esse evento deve ter duração de uma semana, como previsto por lei. Isso é fundamental, principalmente em grandes empresas com muitos colaboradores, para que dê a oportunidade de todos os funcionários participarem.

Temas para Palestras e Atividades

Cada vez mais as empresas criam programas ousados e diferentes para a SIPAT, já que não existe um cronograma obrigatório a ser seguido. O que é muito bom, uma vez que apresentar novidades nas informações e nas atividades ajudará a manter os funcionários interessados em participar do programa, promovendo uma semana de conhecimento e interação entre os setores anualmente.

Um bom exemplo de atividade é a Quick Massage (técnica de massagem rápida), que pode ser oferecida como parte do programa da SIPAT. Essa atividade é sempre elogiada pelos funcionários, já que promove uma sensação de relaxamento e bem-estar para depois voltar as atividades. Outras sugestões são a realização de exames de sangue, vista e medição da pressão, seguidas de instrução médica. Montar um mini consultório em uma sala de reunião é algo simples e possível.

Para as palestras alguns temas nunca saem “da moda”, como as DSTs, doenças por repetição do movimento, como L.E.R. e D.O.R.T. Mas a empresa pode e deve acompanhar os assuntos mais comentados atualmente e oferecer palestras com temas diferentes todos os anos. Por exemplo, falar sobre dengue, zika vírus e chikungunya, além da gripe H1N1, é uma ótima sugestão nos dias de hoje.

Veja mais sugestões de temas para SIPAT e outras atividades importantes para este evento.

Gincanas para promover o trabalho em equipe, sorteios de brindes e outras atividades motivacionais também são ideias muito adotadas pelas CIPAs, na Semana Interna de Prevenção ao Acidente de Trabalho.

Bom para a Empresa e Para o Funcionário

Mais do que uma norma regulamentada pelo Ministério do Trabalho, a SIPAT deve ser vista como um evento importante tanto para a empresa quanto para os funcionários.

Provocar a reflexão e levar o conhecimento sobre diversos assuntos que dizem respeito a qualidade de vida do trabalhador é algo que trará benefícios para a empresa, pois contará com colaboradores bem instruídos e motivados e, claro, para o próprio trabalhador que sabe que pode contar com a empresa para a qual se dedica.

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *