Descubra se você tem direito a algum programa social

Programas sociais são criados pelo Governo Federal eventualmente para ajudar a população. Existem alguns deveres obrigatórios governamentais como saúde, educação e segurança. Mas algumas áreas ainda carecem de atenção para um país em desenvolvimento e alguns programas sociais ajudam com esta parte. Conheça alguns e saiba se você tem direito. 

Tipos de programa social no Brasil

Além de suprir as necessidades básicas de seus cidadãos, o Governo Federal brasileiro em parceria com as prefeituras e redes privadas de ensino e saúde oferecem à população projeto dos mais diversos tipos. Alguns são focados em adolescentes, outros para trabalho e emprego, dentre outros. Conheça alguns a seguir.

 

Alguns dos programas sociais 2018 já conhecidos e em atividade há alguns anos são:

Bolsa Família – bolsa assistencial com pagamento mensal para famílias de baixa renda. O valor pago é mensal por até dois anos quando o cadastro deve ser renovado. Pode participantes líderes de famílias com renda até meio salário mínimo (zona urbana ou rural), gestantes, lactantes e desempregados.

Bolsa Escola – ajuda com valor em dinheiro para jovens até 17 anos em período escolar.

Minha Casa Minha Vida – programa para ajudar a comprar uma residência prova (imóvel novo ou semi novo) para diversas faixas de renda. O foco deste assistencialismo é ajudar as famílias com renda de até um salário mínimo a comprar seu imóvel com parcelas bem baixas.

Luz Para Todos – assistencialismo focado em levar energia elétrica para zonas rurais pobres brasileiras. 

Brasil Alfabetizado – educação para adultos que não tiveram a oportunidade de estar em uma sala de aula na faixa etária adequada. 

Bolsa atleta – bolsa com valor em dinheiro pago mensalmente para atletas de diversos estados. Os beneficiados devem treinar em centros governamentais e mostrar esforço para melhorar desempenho.

ProUni – fornece bolsas de estudo do ensino superior para alunos de baixa renda. Podem ser bolsas parciais ou integrais. 

Fies – financiamento do curso de graduação completo para estudantes de baixa renda. Ele pode começar a pagar até 18 meses após formado com direito a juros muito mais baixos que um financiamento tradicional. 

Quem tem direito a um programa social?

O principal objetivo de um programa social é igualar a oportunidade entre os brasileiros. Logo, ele é focado apenas em quem precisa de um complemento extra seja na feira básica mensal ou de ajuda de custo para estudar.

Para ter direito a um programa social é preciso obedecer aos critérios básicos. Alguns deles são:

  • Fazer parte do Cadastro Único;
  • Ter uma renda mensal de até um salário mínimo;
  • Estar desempregado – para alguns programas;
  • Não estar recebdendo o seguro desemprego.

O primeiro passo é fazer o Cadastro Único, o que informa ao Governo Federal por meio de sua renda e condições de vida que há a necessidade de uma ajuda financeira. Depois é só se cadastrar nos programas do Governo disponíveis em sua região. 

Alguns programas do Governo Federal permitem ter mais de um benefício. O ProUni e o Bolsa Família, por exemplo, podem ser recebidos em conjunto. Já o Minha Casa Minha Vida não permite Fies e outros benefícios de pagamentos atrelados ao mesmo CPF porque sabe-se que não há a possibilidade de arcar com tantos gastos.

 

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *