3 coisas que podem te levar a perder a bolsa do Prouni

De iniciativa do Governo Federal, o Programa Universidade para Todos (ProUni) disponibiliza bolsas de estudos integrais ou parciais para estudantes que desejam estudar em instituições de nível superior privada.

O Prouni 2019 tem o objetivo de facilitar o acesso ao ensino superior através de parcerias com universidades particulares de todos os estados do Brasil. As bolsas são disponibilizadas aos estudantes egressos de escolas públicas e que tiraram uma boa nota na prova do Enem.

No entanto, como qualquer outro programa, os candidatos ao Prouni devem se encaixar nos requisitos exigidos, para que o benefício seja justo e auxilie quem realmente precisa.

Após conquistar uma bolsa através do programa, o aluno precisa cumprir todas as regras e caso haja o descumprimento de alguma delas, pode resultar na suspensão da bolsa por período permanente. Para que isso não aconteça, confira 3 motivos que podem fazer com que a bolsa do Prouni seja encerrada.

Baixo aproveitamento escolar

Os alunos contemplados com bolsa integral ou parcial devem ter um aproveitamento escolar de no mínimo 75% de todas as disciplinas cursadas a cada período do curso. Logo, se um bolsista possui 4 disciplinas em um período letivo, em pelo menos 3 disciplinas ele deve ser aprovado para que seu aproveitamento seja de 75%.

Se o bolsista for aprovado somente em 2 disciplinas terá um rendimento acadêmico inferior do exigido, com somente 50% de aproveitamento.

Dessa forma, o coordenador do Prouni na instituição junto com os professores das disciplinas reprovadas pelo aluno, fazem uma análise das justificativas que devem ser apresentadas pelo bolsista para decidir se o benefício será cancelado.

Acumulo de bolsas

O bolsista não pode acumular ao mesmo tempo mais de um benefício estudantil, ou seja, o candidato que conquistou uma bolsa parcial não pode participar de outra seleção para garantir mais uma bolsa parcial. Não é possível manter duas bolsas do Prouni ao mesmo tempo.

Os bolsistas integrais também são podem recorrer ao Fies para financiar cursos diferentes dos cursados pelo Prouni.

Condição socioeconômica

O Prouni estabelece que os candidatos beneficiados com as bolsas integrais possuam renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Já os candidatos a uma bolsa parcial a condição é ter até 3 salários mínimos por pessoa.

Esses dados devem ser comprovados em cada renovação do benefício e o Programa verifique que a renda familiar do bolsista ultrapassa o valor estabelecido pelas regras, a bolsa é suspensa.

Abandonar o curso

Caso o bolsista deixe de frequentar as aulas e não justifica nenhuma falta, a bolsa do Prouni é imediatamente suspensa.

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *